Destaque - 5 passos para conseguir um financiamento imobiliário

5 passos para conseguir um financiamento imobiliário


Quem tem o sonho de ter a casa própria sabe que o acesso ao crédito imobiliário teve uma mudança drástica nos últimos dois anos e, hoje em dia, conseguir um financiamento para comprar uma casa ou apartamento ficou mais fácil.


Além de escolher a moradia que se adequa às suas necessidades e de sua família é preciso saber as opções de empréstimo disponíveis.


Para que você não fique com dúvidas em relação a contratação de um financiamento imobiliário, nós da REM preparamos um conteúdo completo com 5 passos para você agir da forma correta ao conseguir o crédito.


Continue a leitura para saber mais!


Busque previamente o financiamento imobiliário

De fato, o caminho mais certo para conseguir um financiamento imobiliário hoje em dia é obter crédito como primeiro passo deste processo. Porém, isso deve ser feito antes mesmo de você encontrar o imóvel que deseja. 


Ou seja, quando você toma a atitude de procurar por crédito imobiliário antes mesmo de procurar por um imóvel, você já tem noção de quanto pode ser liberado para utilizar na transação. Isso é uma forma de dar margem nas negociações do imóvel, tendo em vista que você já sabe quanto tem de crédito disponível.



As negociações sobre as condições de compra precisam ser feitas levando em consideração as parcelas que cabem em seu bolso. Ou seja, não adianta buscar valores que estão acima do seu orçamento, pois isso é um erro grave.


Quando se busca um financiamento imobiliário, a renda do comprador é analisada. Dessa maneira, a instituição financeira leva em conta que, no máximo, 30% da renda bruta da pessoa pode ser comprometida para o pagamento do crédito habitacional contratado.

Tenha toda a documentação exigida e o nome limpo

Existe uma lista de documentos que são obrigatórios quando se está procurando por um financiamento imobiliário. Ou seja, quando você já vai atrás desses documentos com uma certa antecedência, já consegue acelerar o processo de negociação com o banco.


Abaixo nós trouxemos a lista de documentos que são exigidos para que você já tenha uma noção do que é necessário:


  • Cópia da declaração do comprovante de renda;

  • Cópia do comprovante de renda com contracheque, por exemplo;

  • Cópias de documentos do comprador: RG, CPF, certidão de nascimento do comprador e do cônjuge, caso tenha.


Outra coisa importante quando se está buscando crédito para um financiamento imobiliário, ou qualquer outro financiamento, é que você precisa não ter dívidas registradas no seu CPF. Ou seja, para obter crédito ou adquirir um imóvel, é preciso estar com o nome limpo.


Quando você tem o nome registrado nos órgãos do SPC/Serasa é automaticamente identificado como um devedor. Isso faz com que os bancos acreditem que você seja mau pagador e não conseguirá honrar o compromisso de um financiamento.



Portanto, caso esteja com o nome em algum desses órgãos, regularize as dívidas antes de procurar por um crédito.

Procure as melhores taxas

O próximo passo quando se está procurando por um financiamento imobiliário, é encontrar bancos ou financeiras que tenham as menores taxas do mercado. 


Contudo, você pode procurar em um banco onde você tem conta há anos e conversar diretamente com seu gerente. Dessa forma, pode chegar a algum acordo que seja bom para ambas as partes.

Bom relacionamento com o banco financiador

Quando você está nessa fase do processo, provavelmente você já escolheu a instituição financeira com as melhores taxas para o crédito. Portanto, caso ainda não tenha, é preciso abrir uma conta na instituição para onde será realizada a transação.


Por conta disso, as taxas de juros acabam ficando mais baixas, pois você acaba tendo um vínculo maior com o banco, abrindo uma conta e se tornando cliente. No tópico acima mencionamos que é importante você ver os valores de taxa em um banco que você já é correntista por conta de possíveis descontos.



Manter um bom relacionamento com o banco pode ser de grande valia. Quando falamos de manter um bom relacionamento é sobre pagar as faturas de cartão de crédito e financiamento em dia ou usufruir de outros serviços como poupança ou fundos de investimento do banco.



Outra dica interessante é guardar toda a sua reserva financeira nessa instituição para aumentar a sua credibilidade com o banco. O destaque é que quando você se torna correntista, o banco começa a monitorar todo o seu dinheiro e, com o tempo, você acaba provando que tem condições de pagar as dívidas regularmente.

Tenha um bom histórico financeiro

Já ter feito algum tipo de financiamento na vida, seja ele para compra de um veículo ou para reformar a casa, contará pontos a seu favor, caso tenha feito o pagamento deste financiamento em dia, sem qualquer pendência ou atraso.


Isso é chamado como crédito de bom pagador e ajuda a aumentar o seu score de crédito, que é a pontuação de crédito dada pelo mercado aos consumidores. Essa pontuação é feita através da forma que as dívidas são pagas, ou seja, se você faz o pagamento certo, sua pontuação é alta.


Ou seja, manter o score sempre em alta é a melhor forma de garantir que você consiga um financiamento imobiliário. 


Com essas dicas, fica mais fácil entender como funciona o mercado de crédito imobiliário atualmente. A melhor forma de conseguir financiar um imóvel é seguindo esses passos e cuidando para que o seu nome esteja sempre limpo e o score alto.